poema 269


Abafo o pensamento
Com as palmas da noite
A vida
É o segundo da juventude
E a morte
O apogeu da noite

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cap. 68 - O Jogo da Amarelinha