Edmond Jabès + Belchior >>> Aprendam o delírio com coisas reais



Ele - Há dias mais próximos da morte que da vida, em que o mundo se transforma para nós em fumaça.
Esta noite. Esta manhã.
O mundo arde, em mim, e eu vou caminhando.
O que salva é o que se erige acima das cinzas amontoadas de nossos sonhos mais loucos.
Toda criação não é, a princípio, uma irrefutável afirmação do nada?
E o que é a aurora senão, gravidez que chegou a seu termo, um parto da noite?
Evidência. Evidência.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cap. 68 - O Jogo da Amarelinha