poema 223

                                    Ando só numa multidão de amores”
                                                                            Dylan Thomas

                           ...Quem pode ter a certeza de estar amando?...
                                                                             Albert Camus


Nunca conheci
as mulheres que amei
- Todas elas tão distantes
a um palmo de mim

Nunca amei
as mulheres que tive
- Todas elas tão distantes
mesmo presas a mim

É que toda vida vivi
entre sonhos
Toda vida vivi

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cap. 68 - O Jogo da Amarelinha