Poema 207

   À esquerda
   morcegos retalham a copa de uma árvore.
   Abaixo
   os passos de um menino contestam a noite.

   Um homem sobe a ladeira.

   À direita...]

Cruza imagem o branco:
   um gato.

Comentários

Anônimo disse…
É curioso, mas só se sobe a ladeira à direita...
Interessante teu poema!
Não entendi o motivo de curiosidade, =)

Será que cometi uma falha lógica?

De todos os modos, coloquei um ponto final que talvez sirva para isolar esses movimentos internos e autônomos do olhar.

O homem sobe a ladeira.

À direita é um novo movimento de vista que foi interrompido pelo gato.

Postagens mais visitadas deste blog

Cap. 68 - O Jogo da Amarelinha