poema 59


Entre verdes colinas,
faz-se o voo do pássaro.

Ao abrigo do azul,
a ave atravessa.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cap. 68 - O Jogo da Amarelinha