poema 52


Martela-me a ideia de que é inconcebível
o fim

Assaltam-me infinitas recordações
e sensações...
e no balanço que a razão propõe
a pele marcada acende em brasa
o coração marcado apressa o passo:

Y miss you so much!
i hope you are doing fine
‘cause i think of you all the time

Acabo esse poema infantil
rindo um pouco, com ternura de mim mesmo
por voltar à infância
e ter a tola ideia de abrir as estrofes com as letras de teu nome

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cap. 68 - O Jogo da Amarelinha