poema 36

azul, que vontade de agarrá-lo
nesse dia tão azul
nesse dia todo céu!

Comentários

Patrícia Anette disse…
Diogo,

Primeiro, parabéns pela poesia!

Sou amiga do teu irmão, e fiz parte da organização de um Cineclube aqui em Jundiaí. (www.cineclubeconsciencia.blogspot.com). Eles também organizam o Rua Livre, espaço que reúne, numa tarde de domingo por mês, artes visuais, música, cinema, teatro, fotografia e eventualmente poesia. Queria saber se você não gostaria de expor seus poemas lá, faríamos um varalzinho com folhas sulfites. Caso você não queira recitar, é claro... há esse espaço também. Não sei a data do próximo Rua Livre, mas se você se interessar, conversaremos isso melhor!

Até mais
Patrícia

Postagens mais visitadas deste blog

Cap. 68 - O Jogo da Amarelinha