...é um silêncio que são meus olhos que sentem. Porque ouço o som das coisas, notadamente dos carros e das gentes. Mas, por hora, não estou participando e, por isso, tudo tem algo de silencioso, de miragem; de sonho, por assim dizer...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cap. 68 - O Jogo da Amarelinha