...se ao lembrar-me de quando tocava sua face, sentisse-me outra vez tocando sua face, apenas com isso viveria feliz; no entanto, a lembrança fica cada vez mais desbotada, vejo-me acariciando algo incerto, já sem forma; tenho medo de duvidar se chegamos a nos conhecer...

Comentários

Anônimo disse…
=)
Anônimo disse…
lindo isso.

Postagens mais visitadas deste blog

Cap. 68 - O Jogo da Amarelinha